A virtualização do comércio está cada vez mais presente na nossa rotina, sendo que já existem inúmeras lojas digitais que nos permitem comprar quase qualquer coisa, sem que seja necessário sair de casa e enfrentar obstáculos, como o trânsito e pouco lugar para estacionar.

Essa nova maneira de comprar é ótima para os consumidores, com mais praticidade, negociações facilitadas e agilidade aumentada. Porém, para os lojistas, ter um e-commerce no meio de toda essa concorrência é algo bastante desafiador.

Marketing para e-commerce: o que é?

O marketing é responsável, tanto no mundo físico como no virtual, por conquistar consumidores e os converter em clientes. Dessa forma, investir em estratégias para o e-commerce podem aumentar as vendas e garantir mais visibilidade na internet.

O marketing digital foca na atração do público-alvo, focando na qualidade das publicações com o objetivo de atrair e converter o internauta em visitante e, posteriormente, esse visitante em cliente.

Existem inúmeros cuidados que devem ser considerados para incrementar as vendas e tornar sua loja mais rentável, como:

  • A qualidade do conteúdo é a fachada de sua loja: no mundo físico, outdoors e propagandas atrativas chamam a atenção dos consumidores; no meio virtual, isso ocorre por meio do conteúdo publicado. Desse modo, focar em uma produção de alta qualidade e atratividade é o primeiro passo para aumentar as visitas e, consequentemente, a conversão de consumo.
  • Ofertas sempre são bem-vindas: durante o ano, existem várias datas que podem ser exploradas para lançar promoções e ofertas que sejam interessantes para o consumidor. O segredo é a criatividade: lançar promoções exclusivas transmite a identidade da loja, diferenciando-a da concorrência.
  • Estratégia de remarketing: anúncios de produtos e lembretes de compra são essenciais para atrair o público-alvo, porém personalizar isso, mostrando produtos que se encaixam com as buscas mais recentes do internauta, pode conquistar um cliente.
  • O ambiente deve ser acolhedor: entrar em um site com a interface trabalhada focando no bem-estar do cliente pode parecer irrelevante, porém páginas poluídas visualmente, com cores muito pesadas e letras de difícil leitura, desanimam qualquer comprador.
  • Atendimento ao cliente é um diferencial importante: abrir uma loja online não é difícil, mas fidelizar os consumidores sim. O marketing para e-commerce também auxilia nisso, por meio de estratégias de atendimento personalizado, buscando uma interação facilitada com o cliente e uma aproximação humana.

Essas e outras estratégias do marketing podem alavancar as vendas, porém, para elas surtirem efeito, o site deve estar bem visível, os conteúdos devem ser encontrados pelos consumidores e os visitantes devem fazer parte do público-alvo. Para isso, existem ferramentas que auxiliam a aumentar a visibilidade, filtrando os internautas.

Ferramentas de marketing digital

As tecnologias de venda e busca na internet são capazes de quase qualquer coisa. Utilizar essas ferramentas pode ser o empurrão que sua loja precisa para começar a melhorar os resultados.

  • Google Adwords: cada e-commerce foca em algum tipo de nicho de mercado. Sites de vestimentas femininas, por exemplo, preferem ser visíveis para mulheres que estão buscando roupas. O Adwords faz exatamente isso: essa ferramenta de remarketing mostra os anúncios na internet conforme as últimas pesquisas do usuário, aumentando a visibilidade relevante.
  • Gateway de pagamentos: se o acesso no site está aumentando, mas as vendas não, algo está errado, como o método de pagamento utilizado. A ferramenta de Gateway de pagamentos permite agilizar o processo de pagar a compra com ações como:
  • Retentativas online e off-line: em algumas operações, o crédito pode não ser aprovado pela operadora de cartão. Isso pode ocorrer por uma singularidade na conta do cliente. Realizar novamente o processamento da venda pode finalizar a transação sem que o consumidor realize uma nova compra.
  • Multimeios de pagamento: o gateway permite que o cliente pague de vários modos ao mesmo tempo, ação essencial para compras altas em que o limite de crédito não permite a finalização com apenas um cartão, facilitando a venda.
  • Compra com um clique: a agilidade é o principal foco do e-commerce. Preencher um formulário enorme toda vez que realizar uma compra não é atrativo, por essa razão o gateway permite armazenar as informações em cache para finalizar apenas com um clique.
  • E-mail com check-out: é comum os clientes adicionarem produtos no carrinho, deixarem para pagar na próxima semana e se esquecerem da loja. Um e-mail informando que o carrinho está cheio para confirmar a venda pode lembrar o consumidor.

Essas e outras ferramentas de marketing para e-commerce promovem um ambiente mais ágil para o comprador e mais visibilidade na internet. Dessa forma, facilita a conversão de vendas.

Conteúdo de qualidade: a atração dos clientes

No mundo do marketing digital, é falado muito de qualidade nas postagens dos sites e blogs como meio de atrair usuários e os converterem em clientes. Mas o que significa ter um conteúdo de qualidade?

A qualidade de um post em um blog ou de um e-mail marketing, ou até de uma campanha nas redes sociais não está ligada apenas à relevância da publicação para o público-alvo, mas também a outros fatores que englobam a divulgação e a visibilidade dos conteúdos, como:

  • Linguagem: cada e-commerce possui um público-alvo diferente. Lojas que vendem artigos esportivos para jovens atletas devem conter uma linguagem menos formal, buscando conversar mais com os clientes. Adequar esse fator é um dos primeiros passos para atrair as pessoas mais relevantes para o negócio.
  • Confiabilidade: transmitir informações verdadeiras e confiáveis no mundo virtual é importante para transmitir confiança para os usuários. Além disso, a segurança na hora das vendas é primordial.
  • SEO: otimizar o conteúdo do site, trabalhando as palavras para garantir uma melhor colocação nos resultados de busca, é um item essencial na hora de produzir um artigo, pois assim o público-alvo terá mais visibilidade do site, gerando mais acesso.
  • Redes sociais: na hora de produzir um conteúdo, é necessário pensar na disseminação em redes sociais, já que essa plataforma garante um alcance muito grande, podendo atingir vários clientes em potencial.

Venda mais na internet, cadastre-se no raio-x do marketing e descubra quais estratégias não estão funcionando e como incrementar as vendas de sua loja com o marketing para e-commerce.